top of page
Buscar
  • Foto do escritorJéssica Reis

Dia Nacional de Combate às Drogas e ao Alcoolismo

Celebrado em 20 de fevereiro, Dia Nacional de Combate às Drogas e ao Alcoolismo busca alertar e conscientizar a população sobre o mal causado pelos vícios. Para refletir sobre esse tema, foi utilizada uma matéria publicada pela Canção Nova, que pode ser vista na íntegra no link ao final desse texto.



Com o objetivo de dar evidência à problemática dos vícios, foi instituído, no Brasil, o Dia Nacional de Combate às Drogas e ao Alcoolismo. Celebrada em 20 de fevereiro, a data visa à conscientização da população sobre os malefícios decorrentes do uso excessivo dessas substâncias, tanto para quem as consome como também para aqueles que convivem com usuários.


A Organização Mundial da Saúde (OMS) considera que a dependência em drogas lícitas ou ilícitas é uma doença. O alcoolismo é classificado como uma doença crônica, com aspectos comportamentais e socioeconômicos. Segundo o Ministério da Saúde, o Sistema Único de Saúde (SUS), registrou mais de 400 mil atendimentos a pessoas com transtornos mentais e comportamentais devido ao uso de drogas e álcool em 2021.


A psicóloga Ana Claudia Giovanelli é palestrante voluntária na Fazenda da Esperança, comunidade terapêutica que atua na recuperação de pessoas com vícios. Ela destaca que todo vício tem por trás uma dor emocional. “A pessoa com o vício tende a mascarar esta dor para que ela não venha a ser superada e sentida, podendo até agravar o seu quadro psicológico”, comenta.


A profissional alerta para as consequências do vício: desajuste emocional. desajuste familiar, conflitos, dor emocional intensa, baixa autoestima, dependência emocional, desemprego, entre outros. Neste contexto, Ana Claudia frisa a importância de “procurar grupos de apoio e conscientização, como os que estão ligados à Fazenda da Esperança,  grupos temáticos e em paróquias para se inserir em ambientes que trabalham o autoconhecimento com a espiritualidade”, concluiu.


Na Paróquia do Bom Pastor existe a Pastoral da Sobriedade. As reuniões acontecem toda quarta-feira, às 19:30h, no salão paroquial da Matriz do Bom Pastor:


Fonte: Pascom - Paróquia do Bom Pastor



Texto: Jéssica Reis

Pascom - Paróquia do Bom Pastor


Referências para elaboração desse boletim:

11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page